Gordura não engorda, diz especialista

Gordura não engorda porque ajuda o organismo a queimar gorduras, agindo como um combustível para eliminar calorias, indica Keri Glassman.

Gordura não engorda, diz especialista

Gordura não engorda, apesar da baixa reputação. Não apenas são essenciais para o crescimento e desenvolvimento, como também fornecem energia, mantêm as membranas celulares saudáveis e protegem os órgãos.

Mas, antes de encomendar uma pizza com queijo extra, você deve saber que nem todas as gorduras são boas. Monoinsaturadas e poli-insaturadas representam os dois tipos de gorduras boas, essenciais para uma boa saúde do corpo.

gordura não engorda

Gordura não engorda e faz bem para a saúde

Os alimentos que contêm gorduras monoinsaturadas incluem produtos de leite integral, nozes, azeitonas e abacates – ajudam em diminuir o colesterol e a reduzir as doenças cardíacas.

Por outro lado, gorduras poli-insaturadas incluem peixes como salmão, cavala e truta, bem como o óleo de girassol e as sementes de gergelim.

Tais tipos de gordura não engordam. Reduzem o risco de acidente vascular cerebral e doenças cardíacas, embora também forneçam gorduras essenciais, tais como ômega-6 e ômega-3, que ajudam a evitar dor nas articulações, melhorar memória e o desenvolvimento da saúde do bebê.

Gordura e a queima de calorias

Conforme a nutricionista Keri Glassman, boas gorduras ajudam o organismo a queimar peso extra, agindo como um combustível para queimar calorias.

Falta de gordura na dieta é não ter combustível para queimar calorias. Além do mais, gorduras boas também ajudam o corpo a se sentir mais completo por maior tempo – você fica menos propenso a consumir excesso de açúcares em lanches fora das principais alimentações.

O benefício mais importante das gorduras boas se encontra na capacidade em trabalhar de mãos dadas com as vitaminas e os minerais necessários para um peso saudável.

Nutrientes como vitaminas A, D, E, e, K são solúveis em gordura, o que significa que, sem gordura, um corpo é incapaz de absorver tais vitaminas, levando a ossos frágeis, dor muscular, dermatite e até à coagulação do sangue.

A falta de gordura faz as pessoas procurarem por outros alimentos para saciar a fome, tais como produtos açucarados, que possuem consequências desastrosas à saúde.

gordura não engorda

Relatório comprova que gordura não engorda

O relatório do Fórum Nacional de Obesidade e da Colaboração em Saúde Pública (Inglaterra) afirma que a maioria das informações sobre alimentação saudável é errada, acusando os principais organismos na saúde pública de conspirar com a indústria dos alimentos, que indica as gorduras como responsáveis pela epidemia mundial da obesidade.

Pessoas com diabetes tipo 2 devem comer dieta rica em gordura, ao invés de uma base de carboidratos. O açúcar precisa ser evitado, assim como a mania de contar calorias.

Uma dieta um pouco baixa em hidratos de carbono refinados, mas rica nas gorduras saudáveis, é abordagem eficaz e segura para prevenir o ganho de peso, e, auxiliar na queima das calorias, assim como reduzir os riscos da doença cardíaca.

Este relatório conclui que a gordura não é o problema, e, a campanha mundial para cortar das dietas simboliza uma loucura.

Na verdade, a gordura é o único grupo de alimentos que estabiliza níveis de insulina no corpo. Todos os outros – especialmente carboidratos – fazem a insulina subir, algo que leva à gordura a ser armazenada, diz Glassman.

desafio vip 60

Desafio VIP 60

Dieta equilibrada

É preciso ter cuidado para não demonizar carboidratos da mesma forma que a gordura tem sido vista como inimiga mortal à saúde. Na prática, o melhor a fazer para emagrecer é investir nas dietas equilibradas.

Consumir uma dieta rica em gordura e pobríssima nos carboidratos significa que seu corpo não tem escolha senão aproveitar as reservas de gordura para se manter ativo.

Uma dieta com alimentos ricos em gordura e poucos carboidratos cria situação na qual a insulina é baixa, ou seja, o corpo vai precisar usar reservas de gordura para funcionar perfeitamente.

Gordura, fome e dietas para emagrecer

A fome representa um motivo comum às pessoas terem dificuldades em seguir dietas para emagrecer, mas é difícil sentir fome quando você come gordura, que digere muito lentamente, ou seja, aumenta os níveis de saciedade.

Abacate, nozes, óleo de peixe e azeite de oliva são opções alimentares saudáveis. No entanto, também existem os defensores dos alimentos como manteiga, creme de queijo e carne vermelha, que contêm gordura saturada.

Em 2014, cientistas da Universidade de Cambridge analisaram um grupo de 72 estudos olhando para o risco nos ganhos de gordura, e, não encontraram nenhuma diferença entre as chamadas gorduras ruins e gorduras boas.

O importante é a escolha das gorduras de boa qualidade, o que significa selecionar alimentos não transformados. Inclua na dieta alimentar:

  • Abacate: excelentes fontes de gordura;
  • Proteínas: carne, peixes gordos (salmão, cavala ou atum fresco), queijo e ovos;
  • Gorduras: abacate, nozes, queijo gordo, óleo de coco, azeite de oliva, creme e manteiga;
  • Vegetais: Feijão, espinafre ou couve-flor.

Concluindo, se você escolher alimentos saudáveis e ter uma rotina de exercícios se pode dizer que gordura não engorda.

gordura não engorda

manual-da-barriga-negativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *