Fazer cardio depois da musculação é melhor

Vale a pena fazer cardio depois da musculação? A seguir conheça as vantagens de praticar este treino apenas após levantar pesos.

Fazer cardio depois da musculação é melhor

O ato de fazer cardio depois da musculação ajuda ou atrapalha na formação muscular e queima de calorias? Combinar estas duas modalidades de treinamentos por dia da forma correta é importante para intensificar os resultados em perda calórica e ganho nos músculos.

Este artigo defende a ideia de que fazer cardio depois da musculação gera mais benefícios do que antes de levantar os pesos. As 5 razões você acompanha a seguir!

dama-fitness

1 # Aumento da energia para levantamento de peso

Durante os exercícios o corpo usa a energia armazenada nos músculos chamadas de glicogênio. Se os níveis de glicogênio estão baixos há problemas energéticos para praticar treinos mais pesados.

Por exemplo, quem já fez uma dieta de baixos carboidratos experimentou menos energia durante os treinos, compreendendo o que se sente ao ter mínimos níveis de glicogênio.

O mesmo fenômeno acontece quando se faz cardio antes do treino de força. Ou seja, a principal fonte de energia diminui para o exercício intenso.

Se você usar essa energia ela não estará disponível ao levantar pesos pesados, prejudicando a meta de construção muscular, aumento da força, maximização da queima de calorias, entre outros objetivos fitness fundamentais.

2 # Mudanças favoráveis no pH do sangue

Fazer cardio antes da musculação aumenta a acidez do sangue. Embora o ácido láctico ajude a repor suas fontes de combustível para o exercício continuado, faz isto através de íons de hidrogênio em excesso.

Cientistas já comprovaram que este ácido aumenta a fadiga no desempenho muscular. Então, além de usar a energia que você precisa para treinamento de resistência pesada, fazer cardio primeiro também torna mais difícil a formação dos músculos.

3 # Fazer cardio depois da musculação e alterações hormonais

Ao completar cardio em primeiro lugar, o cortisol é liberado sem um grande aumento na testosterona. Assim, o cortisol quebra músculos a fim de fornecer ao corpo a energia necessária para continuar o treino.

Isso funciona bem ao fazer exercícios cardiovasculares e acontece extensivamente em cardio de longa duração (pense nas maratonas), mas é prejudicial para a construção muscular.

eu-quero-barriga-negativa

4 # Efeito afterburn

Especialistas indicam que fazer cardio depois da musculação gera o efeito afterburn, ou seja, a queima de calorias no dia seguinte ao treinamento de força.

Porém, um intenso treino de resistência metabólica pode criar menos efeito afterburn que cardio, mas aumenta a força e o crescimento muscular.

Só treino de musculação tradicional não cria um efeito muito significativo. Então, nesse caso, cardio antes de levantar peso faz sentido a partir de uma perspectiva de perda de gordura e não de formação muscular.

5 # Menos risco de lesões devido à fadiga

Outra das vantagens em fazer cardio depois da musculação é diminuir as chances de se lesionar.

Se você tentar estourar o limite em squats depois de uma intensa sessão de cardio vai estar cansado (a) de modo mental e físico.

Além de precisar da força mental para levantar peso pesado depois de cardio, você também necessita da ajuda dos músculos menores para os movimentos na musculação.

Ao ficar com mais fadiga você executa o exercício de forma incorreta ou com a maneira imprópria, evidenciando que fazer cardio depois da musculação gera muito mais benefícios na formação dos músculos.

programa-Dama-Fitness-treino-tabata-completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *