Curiosidades sobre Emagrecimento que Você Não Sabia

Conheça as melhores curiosidades sobre emagrecimento que provavelmente você não sabe e se surpreenda com informações inéditas.

Curiosidades sobre Emagrecimento que Você Não Sabia

No mundo da dieta existem diversas curiosidades sobre emagrecimento que você precisa conhecer no sentido de perder peso rápido e com saúde. A seguir conheça as principais curiosidades sobre emagrecimento verdadeiras.

Dietas da Moda: Curiosidades sobre Emagrecimento

A maioria dos programas de dieta de emagrecimento não funciona realmente.

As mais famosas dietas da moda apresentam falhas porque são lentas nos resultados, o que gera impaciência nas pessoas praticantes que desistem rapidamente.

Quando você perde 1 ou 2 quilos em 2 semanas no regime para emagrecer fica difícil se motivar. Porém, ao eliminar no mínimo 6 quilos dentro de 3 semanas já é possível até usufruir de um corpo mais enxuto, magro e sarado.

Outro motivo das falhas está nas alimentações mais indicadas, que além de serem ruins para o paladar de muitas pessoas, também não permitem que você tenha mais liberdade de escolha.

Quem deseja emagrecer e segue uma dieta com alimentos que não gosta tem mais chances de desistir antes da metade do programa.

Hábitos Fazem a Diferença

Criar hábitos de perder peso é uma das práticas mais consagradas para eliminar medida rápido no curto prazo, além de funcionar bem ao longo prazo, principalmente por evitar o efeito sanfona.

Conforme indicam os principais analistas internacionais, você precisa de pelo menos 21 dias no intuito de criar um novo hábito para emagrecer. 3 semanas de alimentação nutritiva; 21 dias de treinos fáceis em casa; 504 horas implementando costumes saudáveis que facilitam a transformação corporal.

Esta é uma maneira de criar caminhos neurais capazes de tornar a sensação ruim da necessidade em sentimentos positivos para praticar hábitos que ajudam à perda de peso diariamente.

As pessoas do seu convívio social também devem notar a ocorrência de mudanças significativas no seu corpo, os músculos um pouco mais tonalizados e a sua elegância num vestuário justo.

Basicamente o seu cérebro percebe os marcantes benefícios e transformam a necessidade de emagrecer num hábito saudável e prazeroso.

As fontes científicas indicam que os hábitos, sejam bons ou ruins para a saúde, podem mudar conforme a rotina de cada pessoa. Por este motivo, você precisa ficar com os olhos atentos para não transformar hábitos bons em costumes ruins.

Alimentos não fazem Milagre

Não há alimentos capazes de queimar gordura como se fossem verdadeiros passes de mágica, uma das mais marcantes curiosidades sobre emagrecimento.

Nos termos práticos, as alimentações servem para fornecer calorias ao corpo, usadas para se transformar em energia.

Vale dizer que a gordura é absorvida mais facilmente em células ao comparar com a proteína ou os carboidratos. Mas, excesso de gordura armazenada (ou seja, aquela gordura que não é queimada com atividades físicas) gera obesidade.

Não é difícil você ler artigos científicos que alegam o descobrimento de alimentações capazes de queimar gorduras a jato, como a cenoura, por exemplo. Mas, se isto fosse verdade, seria preciso apenas comer sacos de cenouras para permanecer com o corpo magro.

Enfim, alimentos não queimam gordura.

Estado Alimentado

Ao comer uma refeição completa o organismo absorve calorias para as próximas 6 horas, no máximo, graças à glicose e ao glicogênio armazenado. Ou seja, durante todo este tempo você fica com corpo alimentado, num estado de não jejum.

Neste sentido, ao jantar às 19 horas é provável que 1 hora da manhã você esteja com fome novamente.

Mas, ao dormir entre 7 horas e 8 horas por noite, o corpo vai estar num estado em que queima gordura armazenada, ou seja, no jejum.

Ao tomar café da manhã o organismo interrompe a queima de gordura para retornar ao estado alimentado, no qual armazena calorias.

Então, não esqueça da segunda regra: O corpo fica entre 4 horas e 6 horas no estado alimentado, ou seja, após almoçar você não precisa consumir mais alimentos nas próximas horas para manter o funcionamento normal do organismo.

Fibras Alimentares: Segredos e Mistérios Revelados

Você sabia que as fibras alimentares na verdade são hidratos de carbono?

Contudo, você pode ter certeza, a maioria das dietas da moda com baixo teor de carboidratos não considera fibras alimentares como carboidratos.

A fibra não pode ser digerida pelo corpo humano, e, por consequência, jamais cria o rápido aumento do açúcar no sangue como outros tipos de carboidratos.

Portanto, fibras não possuem as mesmas respostas à insulina como acontece com outros carboidratos. Mas, cuidado.

Existem duas escolas de pensamento sobre as fibras.

Enquanto a medicina moderna incentiva uma dieta rica em fibras, existem outros pesquisadores médicos que indicam as fibras como causas de numerosas doenças e irregularidades: Constipação, IBS, doença de Crohn, cancro do cólon e outras.

Em doses normais as fibras alimentares aumentam a saciedade e são recomendáveis. Por este motivo você precisa se certificar de consumir fibra de vegetais e salada em vez de forçar ingestão.

Aumentar a ingestão de água ao consumir fibras é essencial para uma boa saúde, ao bom funcionamento dos rins e tem notáveis efeitos sobre alívios da constipação, o que por consequência favorece os processos de emagrecimento.

Curiosidades sobre Emagrecimento: O que Consumir?

O que vale a pena consumir ou não consumir? Especialistas em saúde humana indicam que os corpos dos seres-humanos precisam de nutrientes, vitaminas, minerais e água.

Os nutrientes são indispensáveis para sustentar a vida. Existem dois tipos de nutrientes: essenciais e não-essenciais.

Não-essenciais significam nutrientes fabricados pelo corpo. Já os essenciais são aqueles que você obtém a partir do consumo de alimentos indispensáveis para manter na dieta a perder peso rápido.

Minerais, vitaminas, gorduras, proteínas, água, enfim, todos estes são nutrientes essenciais.

Já os carboidratos são casos a parte. Hidratos de carbono (carboidratos) não proporcionam qualquer benefício nutricional.

Frutas e Legumes

Em nível acadêmico é inegável o fato de ser indispensável acrescentar frutas e legumes no cardápio uma vez que você deseja emagrecer, assim indicam especialistas em curiosidades sobre emagrecimento.

Além de serem nutrientes essenciais, também geram saciedade, ou seja, impedem com o que se sinta fome por um bom tempo. E, como se sabe, quanto menos o consumo de alimentos menor é a ingestão de calorias.

Para acompanhar as principais alimentações do dia, ou, fazer um lanche repleto de energia no fim da tarde, opte sempre por variedades de legume e frutas.

Nos países tropicais como o Brasil existe uma grande variedade de legumes e frutas, repletos de micronutrientes específicos, além de serem ricos em antioxidantes – responsáveis por defender o corpo contra doenças cardíacas e câncer.

Não se pode ignorar o fato de que as frutas também ajudam a melhorar as funções cerebrais e fortalecem o sistema imunológico.

Muitos especialistas consideram legumes e frutas como os reis do mundo alimentar aos seres-humanos, principalmente por causa da riqueza em nutrientes e das incríveis capacidades de saciar o corpo durante longas horas.

Não apenas no Brasil, em Portugal, nos Estados Unidos, como também em outras partes do mundo, a dieta padrão das pessoas é baixa nas frutas e nos legumes.

Por muitas razões, às vezes é difícil comer várias porções e uma variedade de frutas ou legumes todos os dias.

Whey Protein para Emagrecer

Proteína de soro de leite (Whey Protein) é considerada uma “proteína completa” que tem todos os aminoácidos. Está entre os suplementos que fazem sucesso para quem deseja emagrecer e (ou) gerar músculos.

Até pouco tempo atrás uma opinião era certa entre consumidores de Whey Protein: batidas de proteína de soro de leite são horríveis e servem apenas para paladares corajosos.

Mas, nos dias de hoje, estes shakes de proteínas são muito mais toleráveis. Alguns possuem até um gosto agradável de chantilly, chocolate e cereja.

Ao escolher uma proteína de soro de leite para usar nesta dieta (o que é opcional), não se esqueça de escolher a marca que permite manter os hidratos de carbono o mais baixo possível (não mais de três gramas por colher de sopa).

Use proteína de soro de leite como um substituto para suas necessidades diárias de proteína, como, por exemplo, nos dias em que quase não sobra tempo para se alimentar com qualidade, finalizando assim este artigo com curiosidades do emagrecimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *