Clínicas de beleza e estética: manual das normas de higiene

As clínicas de beleza devem garantir condições de higiene previstas nas normas da vigilância sanitária. Alerta para consumidores (as)!

Clínicas de beleza e estética: manual das normas de higiene

Higiene em clínicas de beleza. Atualmente o Brasil está na terceira posição dos países líderes no mercado de beleza, apenas perde para Estados Unidos e Japão.

Tendo em vista o grande número de clínicas de estética brasileiras e a baixa fiscalização de agentes públicos, clientes e funcionários (as) precisam do máximo cuidado com a higiene para não pegar uma doença. Abaixo veja quais são as normas básicas de higiene para clínicas de beleza.

Higiene em clínicas de beleza

1: Os equipamentos de proteção dos profissionais em clínicas de beleza necessitam ser de uso individual, conforme indica o Centro de Vigilância Sanitária de SP (São Paulo), afinal, as exposições da pele podem transmitir doenças sérias.

2: As clínicas de beleza devem limpar e desinfetar seus ambientes de trabalho diariamente. Os produtos em uso precisam se alternar para evitar que bactérias e outros microrganismos ganhem resistência.

3: A higienização nas clínicas de estética jamais deve ser feita com uso das mãos. Para higienizar os profissionais precisam usar descartáveis (luvas, tocas, etc.).

4: Clinicas de estética necessitam se adequar à legislação sanitária para não receber multas ou precisar fechar por causa da fiscalização de agentes públicos. Os textos legais em ressumo indicam a necessidade de pisos lisos, lixeira de pedal com saco plástico, sabonete líquido, luvas e toucas descartáveis, etc.

5: Qualquer cliente deve ficar de olho nas toalhas e nos lençóis de tecido, que precisam estar limpos e higienizados com água e sabão, sem contar que os funcionários necessitam trocar a cada novo paciente.

6: Profissionais precisam realizar certas coisas antes de começar os tratamentos nas clínicas de estética: Lavar as mãos, trocar o filme plástico do carrinho de auxílio, usar novas luvas descartáveis, e, fazer antissepsia.

7: Todos os materiais de uso único necessitam ser descartados, sem exceção. A assepsia deve acontecer nos acessórios, equipamentos e nas mãos de cada cliente no sentido de evitar infecção.

8: Funcionários das clínicas de beleza precisam realizar descontaminação nos instrumentos que têm contato com sangue, caso da pinça, por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *