Chá de Hibisco para Emagrecer (Detox)

Se você procura uma dieta de qualidade, sabe que essa pode ser uma coisa muito difícil de achar. A maioria das dietas é focada em diminuir a massa corporal a qualquer custo, sem considerar a saúde do praticante.

Chá de Hibisco para Emagrecer (Detox)

É por isso que dietas de redução absoluta são muito populares. Existem dietas que pedem que algumas refeições sejam cortadas completamente ou substituídas por líquidos. Isso é algo extremamente prejudicial à saúde e ao funcionamento normal de nosso metabolismo.

Se você está à procura de uma dieta que seja também saudável, o detox é uma solução. A preocupação aqui não é emagrecer de qualquer maneira ou perder a massa corporal sem orientações.

O detox é baseado em uma reeducação alimentar feita por meio da exclusão de alimentos tóxicos e prejudiciais da dieta regular. Nesse processo, você continuará fazendo as três refeições do dia e continuará consumindo calorias, algo que não é comum nos processos mais descuidados.

O praticante de uma dieta detox deve entender que existem alguns elementos, como os carboidratos, que promover um ganho de peso, mas que são essenciais ao cotidiano das pessoas. Eles são as fontes mais duráveis de energia e evitam que você passe por episódios de cansaço ou falta de disposição.

Hoje, estamos aqui para falar de um grande aliado de todos os modelos de dieta detox: o chá de hibisco. Ele pode ser tomado como acompanhamento de refeições, ou em qualquer outro período do dia que você julgar benéfico.

Antes de entender como usar o chá, vamos conhecer esse princípio um pouco melhor e entender o que está por trás do poder emagrecedor do hibisco.

O que é o hibisco?

O hibisco é uma planta utilizada para fins medicinais e de nutrição há anos. Ela é conhecida desde a antiguidade, principalmente por seu combate de agentes tóxicos ao organismo. É basicamente por isso que esse princípio é usado para dietas detox, que têm o objetivo de eliminar elementos prejudiciais do corpo.

Sua aparência é um pouco alaranjada nas flores, mas podem ser vistas espécies brancas e amarelas. Normalmente, o chá acaba por ganhar uma coloração vermelha, pois o modelo de flor em laranja é o mais conhecido e deve ser o utilizado na mistura.

Quais são os benefícios dessa planta?

Quando diluída em forma de chá, essa planta pode ser fonte de outros benefícios além da perda de peso. Você pode, por exemplo, tratar casos em que o seu intestino está desregulado, uma vez que o chá promove uma ação diurética.

Um outro benefício do chá de hibisco é o combate ao mal-estar no estômago, quando há a ingestão de algo contaminado ou que não fez bem ao organismo. Com o princípio medicinal do hibisco, você poderá eliminar qualquer toxina de maneira eficiente. Uma ação anti-inflamatória também é vista no consumo periódico do chá.

Todas essas funções não poderiam trazer um resultado mais benéfico ao nosso corpo: o produto é conhecido por retardar o envelhecimento da pele e dos ossos e combater problemas de celulite. Há também uma ação de combate ao colesterol em pessoas que tem esse indicador acima do nível normal. Essa pode ser uma maneira de ajudar o tratamento médico nesses casos.

Quando não devo usar o chá de hibisco?

Por ser um princípio natural e extraído sem componentes químicos, o chá de hibisco possui poucas contraindicações. Por isso, não há razões para se preocupar. Você deve apenas consultar um nutricionista se você possuir um histórico de intoxicação alimentar muito recorrente ou um quadro de muitas alergias. Em todo caso, essa recomendação serve apenas para prevenir.

Cuidado com a quantidade de consumo. Como o efeito diurético é forte, você pode acabar por eliminar nutrientes e compostos importantes do corpo se tomar o chá em excesso. O seu funcionamento normal de hormônios ligados a absorção de água pode ficar afetado, e isso não contribuirá para a perda de peso de uma maneira saudável.

Se você estiver grávida, não adianta se antecipar e tomar chá de hibisco para não engordar após a gravidez. Os princípios médicos desse chá são responsáveis pela diminuição de hormônios importantes da gestação. Nesse caso, você deve esperar até o nascimento do bebê para iniciar o uso.

O uso do chá na dieta

Lembre-se de que para ter um processo saudável de emagrecimento, você nunca deve substituir alimentos pelo chá. É essencial que você use os princípios do hibisco juntamente a uma dieta balanceada e composta por muitas fibras, pães integrais e proteínas magras.

Pelo café da manhã, tome uma xicara do chá. Em seguida, coma um pão integral com queijo branco. No almoço, você deve investir nos legumes e verduras. Antes de dormir pode ser uma ótima hora para tomar outra dessas xícaras.

Essa é a maneira mais eficiente de fazer o uso do hibisco em dietas detox: um modo balanceado de consumo, sempre ao lado de refeições bem pensadas, para ingestão somente de alimentos benéficos.

Como fazer o chá de hibisco

O processo de produção não é difícil e pode ser feito com rapidez. Você deve apenas estar atento para usar a planta em seu estado natural. Desse modo, prefira comprar em lojas especializadas em produtos in natura. Fique longe daqueles chás vendidos em mercados ou em comércios de grande porte. Eles são industrializados e podem conter muito pouco do princípio ativo.

Para preparação, você deve colocar uma colher de sopa do hibisco, que pode ser triturado em casa. Acompanhe esse ingrediente com uma colher de chá mate e um pedaço de gengibre. Para dar o toque final, você deve usar meio limão.

Para iniciar, comece fervendo a água com o gengibre. Depois, você pode adicionar o hibisco e o chá mate para complementar.

Deixe ferver por mais alguns minutos e coloque o limão. Você pode colocar essa fruta junto com o processo de fervura ou espremer já na xícara. Vai depender de quão forte você espera que a mistura esteja. Deixe descansar por 5 a 10 minutos para pegar o gosto dos ingredientes.

Quer emagrecer de vez com o Plano 3×4 da Sheila Trevisan?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *